O que é cimento queimado? Entenda tudo sobre esse conceito!

Ao pensarmos em redecorar um espaço, passa pela nossa mente inúmeros conceitos de decoração. O cimento queimado, visto anteriormente como símbolo de falta de criatividade e acabamento, hoje tornou-se um dos mais procurados modelos de pisos e paredes por aqueles que gostam de se aventurar decorando!

O cimento queimado vem como uma proposta de modernidade, muito atrelado aos novos conceitos de decoração, como o urban jungle e até mesmo o boho chique, uma vez que ele garante um visual de atitude e bastante democrático, podendo ser usado em diversos estilos!

Contudo, você pode estar se perguntando se a aplicação desse tipo de cimento envolve algum procedimento com fogo, uma vez que o nome sugere isso. Porém, o processo de obtenção desse produto não está condicionado a nenhum tipo de queima, tudo bem?

Diante disso, nós, da Webber, desenvolvemos um conteúdo completo explicando o que é o cimento queimado e como ele pode ser aplicado onde desejar. Quer ficar por dentro desse conteúdo? Continue a leitura e venha entender tudo sobre essa tendência que está fazendo a cabeça dos amantes da decoração!

O que é o cimento queimado?

O cimento queimado é um procedimento já há muito tempo usado nas residências e prédios comerciais. Ele consiste – tradicionalmente – na aplicação de uma argamassa produzida misturando cimento, água e areia e aplicando essa composição no local desejado.

É importante escolher um contrapiso de, no mínimo, 35 centímetros para aplicar essa técnica, pois espessuras mais finas podem oferecer o perigo de rachaduras. Para um melhor acabamento e proteção da saúde de seu cimento queimado, é indicado adicionar a mistura sílica ativa.

Contudo, não confunda cimento e concreto, pois eles são diferentes, uma vez que o concreto é resultado da mistura de água, cimento e demais componentes. Já o cimento é basicamente formado por calcário e outros minerais, usado, principalmente, para reunir blocos de concreto ou tijolos.

No entanto, se você deseja somente aplicar o conceito do cimento queimado em uma parede, apenas, e não elaborar um piso resistente aos impactos de uso, então é possível obter misturas que produzam um resultado bastante parecido com o modelo original. Essas misturas são ótimas alternativas para garantir rapidez e praticidade ao procedimento!

Como aplicar o cimento queimado na parede? Quatro dicas infalíveis!

Além de compor um piso bonito e econômico, o cimento queimado tem surgido como uma acessível possibilidade de aplicação em paredes, tendo em vista que ele pode combinar com diferentes ambientes e proporciona um conceito bastante moderno e arrojado.

Apesar do modelo original incluir um processo muitas vezes dificultoso para quem deseja fazer sozinho a decoração, o mercado já oferece produtos prontos que imitam o aspecto do cimento queimado, ficando com aparência muito semelhante à proposta original!

Agora, se você deseja produzir sua própria misturinha, nós te ensinamos a proposta original e trazemos duas alternativas super bacanas que vão te ajudar a elaborar o conceito de cimento queimado e deixar sua casa mais moderna e conceitual. Continue acompanhando!

Cimento queimado original

O processo original de fabricação do cimento queimado consiste basicamente na obtenção de um resultado que envolve a mistura de componentes como cimento, areia e água (proporção 3:1) – sempre colocada aos poucos até obter uma massa homogênea. Assim, acompanhe o passo a passo a seguir:

  1. Limpe o contrapiso com água e sabão neutro, retirando manchas e qualquer outro tipo de marca de resíduos. É importante que ele esteja seco e sem qualquer sujeira;
  2. Umidifique o contrapiso, usando água e adesivo PVA. Lembre-se que a ideia aqui é não se deve encharcar a superfície! Vale a pena trabalhar por partes para obter um resultado mais satisfatório (proporção 8:1);
  3. Para isolar o piso, aplique uma mistura mais líquida de cimento, adesivo PVA e água. Esse procedimento precisa ser feito antes de receber a argamassa, e ela deve ser aplicada enquanto o produto ainda estiver molhado (proporção 1:1/4:5);
  4. Aplique a massa no piso e nivele com uma régua de nivelamento, ou com um pedaço de madeira que esteja realmente reto;
  5. Após o processo de nivelamento, jogue o cimento peneirado para fazer a “queima”. Feito isso, passe a desempenadeira em movimentos circulares para conseguir o resultado que desejar;
  6. Para curar o piso, molhe a superfície a cada 8 horas, ou ainda 12 horas por até 8 dias, dependendo da forma que estiver o clima. Não deixe o piso ter contato com os raios solares;
  7. Impermeabilize o concreto com ceras ou resinas próprias para esse tipo de material. Para um efeito mais clean, lixe a superfície com uma lixa apropriada.

Cimento queimado com massa corrida

Esse formato é muito indicado para quem deseja obter uma parede em cimento queimado, de forma fácil e acessível. Assim, é possível por meio de uma mistura homogênea bastante similar ao cimento queimado, usando basicamente massa corrida, água e pigmento. Acompanhe o processo:

  1. Limpe a parede e elimine qualquer mancha ou resíduo;
  2. Proteja as demais paredes aplicando fita crepe nas emendas;
  3. Prepare uma mistura com 10 colheres bastante cheias de massa corrida para 150 mls de água. Coloque o pigmento que desejar até obter a cor de sua preferência;
  4. Aplique a massa na parede em movimentos circulares com uma esponja;
  5. Deixe secar por até 24 horas;
  6. Aplique novamente por quantas vezes for necessário;
  7. Após a secagem, lixe a parede se necessário;
  8. Passe um pano úmido e limpe a parede. Atenção, o pano não deve estar encharcado;
  9. Finalmente, retire as fitas.

Cimento queimado pronto

Nossa terceira alternativa é facilmente encontrada em diversas lojas de acabamentos. Por ser prática e exigir um baixo investimento, é possível aplicar, com um recipiente de 5 quilos, em até três paredes médias (até 3 metros). O cimento queimado pronto tornou-se uma ótima opção para quem deseja produzir uma parede despojada rapidamente! Acompanhe o processo de aplicação:

  1. Limpe a parede para retirar todas a sujeira;
  2. Proteja as demais paredes aplicando fita crepe nas emendas;
  3. Misture 3 conchas de produto em 3 conchas de água. Mantenha atenção para produzir uma mistura homogênea que fique intermediária entre um resultado pastoso e um muito líquido;
  4. Aplique o produto com uma esponja de cozinha – aquelas amarelas – em movimentos circulares;
  5. Repita o processo anterior até obter o resultado adequado, sempre obedecendo um espaço de secagem entre as demãos;
  6. Lixe as imperfeições, caso necessário;
  7. Limpe a parede com pano úmido.

Bacana, não é? Essas foram somente algumas alternativas para produção da sua parede no estilo cimento queimado. No entanto, é importante estar atento a possíveis contratempos e como evitá-los. Assim, acompanhe na sequência!

Parede de cimento queimado em revestimento

O efeito de cimento queimado também pode ser feito aplicando revestimentos que imitam o resultado final desse estilo. Assim, é possível aplicar peças de revestimento na parede que você deseja decorar e conseguir um efeito muito semelhante ao do cimento queimado original. Quer saber todo o passo a passo? Vem na sequência com a gente!

  1. Verifique se o revestimento está seco e limpo;
  2. Limpe a peça com um pano seco, somente para tirar o pó e revestir melhor;
  3. Confira se há alguma diferença de tonalidade entre as peças;
  4. Misture a argamassa sempre verificando as especificações da embalagem;
  5. Aplique a argamassa na parede, sempre respeitando o nível e quantidade de produto. Para isso, use uma espátula;
  6. Faça ranhuras na argamassa para que ela receba a peça;
  7. Passe argamassa na peça e aplique no local desejado;
  8. Limpe as juntas e, feito isso, espere a secagem para aplicar o rejunte

Prontinho, agora já é possível ter uma parede em cimento queimado que seja feita revestimento. Ela é bastante indicada para pessoas que desejam obter um efeito mais real à coloração, sem correr riscos de surgir manchas, devido a má aplicação da massa de cimento.

Como evitar problemas com o cimento queimado!

Rachaduras, manchas, acabamento “descolando”… Esses são alguns dos problemas que podemos ter ao aplicar o cimento queimado. Por isso, é importante entender como esses contratempos acontecem e o que fazer para evitá-los!

Rachaduras

As rachaduras acontecem normalmente pelo dilatamento do produto aplicado a uma determinada superfície. Essas rachaduras deixam a parede com um aspecto velho e sem acabamento, o que causa na decoração uma aparência descuidada!

Uma ótima alternativa para evitar essas fissuras são as juntas dilatadoras, normalmente fabricadas em material plástico e aplicadas na base, estabelecendo um espaço de 2mm a 3mm.

Outro fator diferencial para não causar trincas no seu cimento queimado é aplicar o produto em um clima mais ameno, que não esteja com a umidade do ar abaixo de 40%. Assim, é possível evitar com mais eficiência as rachaduras.

Manchas

É característico do modelo cimento queimado a produção de manchas, porém quando em excesso torna a superfície com um aspecto pesado, ocasionando um ambiente cansativo e estafante. Assim, é importante estar atento ao tempo de secagem da aplicação, bem como a quantidade de produto aplicada.

Normalmente, as manchas são ocasionadas por diferença no tempo de secagem, quando aplicamos o produto sem ter deixado o anterior secar. Além disso, medidas descompassadas, usando mais produto em um local e menos em outro, também são responsáveis por deixar manchas evidentes.

A dica é aplicar o produto tentando controlar o máximo possível o tempo de secagem, assim como a quantidade de material. Porém, mesmo assim ainda é possível haver o surgimento de algumas manchas, contudo, nesse caso, quando usado com parcimônia, o aspecto fica bonito e sofisticado.

Descolamento do acabamento

O descolamento do acabamento é um dos mais terríveis contratempos em relação a aplicação do cimento queimado, pois ele compromete não somente a qualidade do acabamento, mas até mesmo a estrutura da obra!

Por isso, antes de iniciar o processo, verifique se a parede escolhida não possui infiltrações ou rachaduras. Além disso, não use mistura má diluída, carregada e que pese na parede para conseguir um resultado satisfatório e que tenha uma aparência realmente bonita e moderna!

Gostou da dica?! Agora você já pode escolher uma parede para fazer o seu acabamento de cimento queimado, deixando o seu espaço mais moderno e irreverente.

Para continuar acompanhando nossos posts sempre atual nas tendências de decoração, fique sempre de olho no blog da Webber. Nele nós fazemos postagens semanais sobre diversos assuntos importantes para o seu lar.

Trazemos abaixo alguns exemplos da aplicação do cimento queimado para você se inspirar e aplicar ao seu ambiente!

[masterslider id=”7″]

Aproveite e confira nosso conteúdo sobre como fazer as também famosas paredes de tijolinho, garanto que você irá adorar! Continue com a gente, por aqui nós sempre procuramos trazer novidades fresquinhas para a sua área! Até mais!

Deixe um comentário