Como tirar arranhado de porcelanato? 2 opções fáceis!

Como tirar arranhado de porcelanato?

É natural que o porcelanato da nossa casa as vezes arranhe e risque com o tempo, e isso pode acontecer no momento da instalação ou durante o uso do dia a dia mesmo. Só que a estética dele não fica interessante com essa marcação, não é verdade? Por isso nós vamos ensinar você como tirar arranhado de porcelanato. Continue a leitura e descubra como resolver esse problema.

Elimine os arranhões de 2 formas

O revestimento do tipo porcelanato está evoluindo com o tempo, tanto que os modelos mais novos já apresentam maior resistência aos danos. Porém, ainda não conseguimos ficar totalmente livres de alguns problemas, não é mesmo?

Os riscos são naturais e infelizmente aparecerem com o tempo, afinal, em algum momento precisaremos arrastar um vaso ou móvel pesado pela casa – mesmo com todo o cuidado pode acontecer de deixarem marcas.

Por isso, nós trouxemos duas dicas muito prática para esses momentos. Ambas caseiras, que usam poucos ingredientes e são fáceis de se realizar. E, acima de tudo, resolvem o problema! Confira as opções e o passo a passo:

1. Saponáceo cremoso

Vamos começar nossas dicas com a forma mais conhecida, a do saponáceo cremoso. Veja como é descomplicado tirar arranhado do porcelanato assim:

O que você vai precisar:

  • saponáceo cremoso;
  • flanelas.

Modo de fazer:

  1. Limpe a superfície do local danificado com uma flanela, para retirar todas as impurezas.
  2. Em seguida, aplique o saponáceo cremoso em toda a extensão do risco.
  3. Deixe o produto agir por 30 minutos
  4. Depois que o tempo terminar, pegue a flanela limpa e lustre o risco.
  5. Para lustrar faça movimentos firmes e repetitivos até o risco desaparecer.

Com isso, o arranhado é eliminado em um passe de mágica!

Você deve estar se perguntando: mas e se não sair? Olha, as chances são pequenas, porém pode acontecer caso o risco seja muito profundo. Para esses momentos que temos a segunda técnica! Continue lendo o texto que explicamos na sequência.

2. Lixa d’água

Caso aconteça de o risco ser muito profundo, o ideal é recorrer à um polimento – e é tão fácil quanto o anterior! Vamos entender com mais detalhes:

O que vai precisar:

  • 1 lixa d’água 360;
  • 300 ml de água;
  • 1 flanela.

Como proceder:

  1. Primeiro, limpe o local do risco com a flanela.
  2. Em seguida, despeje um pouco da água em cima do local.
  3. Depois é só lixar o risco com bastante vigor.
  4. Quando perceber que o risco sumiu, é só secar o piso.

Pronto! Em poucos passos o porcelanato já está renovado.

Cuidado ao escolher a lixa, pois há modelos que são muito ásperos para essa finalidade. Por isso, recomendamos a utilização da lixa d’água 360, uma vez que ela tira os arranhados sem produzir novos riscos.

Sabendo disso, teste a lixa em um outro porcelanato antes de aplicar no local desejado e veja se a superfície fica danificada. Caso não, é só colocar a mão na massa! Se mesmo assim não tiver tanta segurança, chame um profissional para executar o polimento. Melhor prevenir do que remediar, né?

O que usar com outras impurezas?

Aproveitando que o assunto é porcelanato, que tal conhecer o que usar para limpar sujeiras específicas? Para que seu piso fique intacto por mais tempo, nós preparamos um checklist com alguns itens e produtos que podem ser usados para limpar o ambiente. Confira a seguir para não errar na hora da limpeza:

  • Ferrugem: detergentes líquidos ou em pó;
  • Óleo ou graxa: detergentes alcalinos ou em pó com pouca quantidade de abrasivos;
  • Pingos de tinta: aguarrás, tíner e solventes orgânicos;
  • Cimento: use o produto químico específico – removedor de cimento;
  • Rejuntes: também opte pelo produto próprio – removedor de rejunte para porcelanato.

Lembrete: ao usar produtos abrasivos, utilize sempre os mais leves, pois as composições químicas abrasivas mancham e ainda tiram o brilho do porcelanato.

Falando em abrasivos, os banheiros são os locais onde mais abusamos de produtos químicos, não é mesmo? Mas lembre-se de verificar se o produto em questão faz bem para o revestimento.

Aproveitando que falamos desta área, que tal conhecer o s 7 melhores pisos para banheiro? Temos opções muito interessantes!

Já adiantamos outra dica. Em hipótese alguma use estes dois produtos:

  • Soda cáustica e
  • Ácido muriático.

Ambos danificam o porcelanato a níveis irreversíveis. Não negligencie ou pense: “vou passar esse produto só dessa vez”. Essa única vez pode estragar seu piso. Portanto, cuide do revestimento sempre!

Se precisar manusear algum desses químicos, procure um local bem afastado para não correr o risco de estragar a peça.

Também nunca use esponjas de aço para tirar alguma sujeira grudada, afinal, elas riscam muito o piso!

Mas Webber, afinal, o que pode passar no porcelanato na hora da limpeza do dia-a-dia?

4 produtos usados para limpar porcelanato

Listamos aqui alguns produtos muito bons para efetuar a limpeza do seu porcelanato no dia-a-dia e que,inclusive, todos temos em casa:

  • Água;
  • Álcool;
  • Vinagre;
  • Detergente neutro ou pouco abrasivo;

Essas quatro opções são as melhores para manter o piso limpo e sem manchas. E, caso ele risque ao arrastar o sofá ou uma cadeira, você já sabe como proceder!

Gostou dessas dicas? Semanalmente nós trazemos conteúdos bem interessantes para o nosso blog. Continue acompanhando para estar sempre informado sobre o universo dos revestimentos e muito mais.

Agora, que tal aproveitar para conhecer os tipos de revestimento? Vale a pena conferir todas as opções.

Nos vemos no próximo post!

Deixe um comentário