Recupere as plantas murchas do seu banheiro com 5 dicas da Webber!

Escolher as plantas ideais para decorar o banheiro, é uma tarefa que exige muito mais que selecionar pela beleza! Na verdade, requer encontrar aquelas que melhor se adaptam ao ambiente, além de incluir uma rotina de cuidados bastante específica! É por isso que muitas pessoas reclamam de – com o tempo – elas apresentarem aspecto doente e murcho.
Você sabe como recuperar as plantas murchas do seu banheiro? Bem, o primeiro passo é entender que esse espaço possui aspectos muito diferentes dos outros locais da casa – como umidade excessiva, por exemplo. Parece complicado, não é mesmo? Mas não é! Com as dicas da Webber você consegue recuperá-las com saúde!
Continue navegando conosco e saiba como garantir o aspecto sempre saudável das suas plantas do seu banheiro!

5 maneiras de recuperar plantas murchas do banheiro!

Ambiente dotado de umidade, mas que merece todo o devido cuidado e atenção no momento do acabamento e decoração. A elaboração de um banheiro vai além da escolha do melhor tipo de piso para essa área. Por isso, muitas pessoas aderem a quadros, artigos decorativos e plantas adequadas para a área – criando um estilo urban jungle lindo.
Entretanto, com o passar do tempo muitas pessoas começam a reclamar dos aspectos que as plantas vão tomando. Algumas murchas, outras secas e há também aquelas que vivem morrendo, enfim, os problemas são vários. Contudo, com os cuidados certos é possível mantê-las sempre saudáveis e combinando com o revestimento escolhido! Vamos entender mais?

1 . Que tal trocar de vaso?

Muitas vezes o problema não está nem na planta escolhida, nem no ambiente úmido do banheiro, mas sim no tipo de vaso em que ela foi plantada. Por isso, optar pela troca de recipiente, além de colocar uma terra mais nova e oxigenada, pode ajudar a trazer mais vida e proporcionar mais saúde!
Ah, é ideal escolher um vaso que possua tamanho maior ao anterior – em pelo menos três centímetros a mais – pois assim será possível garantir mais espaço para as raízes crescerem com desenvoltura.

2 . A alimentação certa faz diferença!

E a planta se alimenta de algo? Ora, elas são seres vivos como qualquer outro, portanto precisam de uma alimentação saudável, que garanta qualidade e bom desenvolvimento! Mas, então qual seria a “comida” ideal para elas? Bem, nada mais do que uma terra bem adubada e com nutrientes suficientes!
Existem diversos recursos caseiros que podem te ajudar a adubar a terra! Dentre eles, há a borra de café, leite, cascas de frutas, legumes e ovos, que se mostram algumas das alternativas mais eficientes!
Além disso, você também pode procurar por adubos orgânicos em casas especializadas! Essa pode ser uma ótima alternativa para salvar as plantas de banheiros!

3 . Não esqueça do sol

A falta de acesso ao sol é um dos problemas que mais matam as plantas de dentro de banheiros. Já ouviu falar que tudo que é em excesso faz mal? Pois é, a falta de algo também pode causar muitos danos. O que isso quer dizer? Sol demais é prejudicial, mas também não expô-las aos raios solares também!
Nesse caso, a nossa dica pode te dar até um pouco de trabalho, mas é uma das mais eficientes quando precisamos recuperar plantas murchas: coloque-as na janela, sacada ou área externa para tomar o sol da manhã. Quando os raios estiverem mais fortes, retire-as e ponha novamente no lugar!

4 . Água em excesso é perigoso

Lembra quando falamos que o banheiro é um ambiente diferente dos demais de uma casa? Bem, entender isso é sem dúvida nenhuma o primeiro passo para efetuar a regagem correta das plantas inseridas nele. Como assim?
Bom, o banheiro possui muito mais umidade do que os demais espaços – e isso é absolutamente normal! Por isso, as plantas que ficam decorando o ambiente merecem uma atenção diferenciada. Ou seja, use menos água do que normalmente é indicado, tudo bem?
Além disso, é um erro muito comum entre jardineiros amadores permanecer regando as plantas – sejam de dentro do banheiro ou dos demais locais da casa – da mesma maneira o ano todo. Em períodos mais úmidos não é preciso colocar a mesma quantia de água, já no calor intenso a regagem deve ser redobrada. Verifique o índice de umidade da terra e nunca mais erre!

5 . Fique de olho nas pragas

E quando o problema não puder ser resolvido com nenhuma das dicas anteriores? Nesse caso, é preciso começar a avaliar a saúde da anatomia da planta – agora sim ficou parecendo coisa de médico, não é?
Mas o que estamos querendo dizer é que, se ela apresentar folhas e caule manchados ou com fraqueza, talvez o problema seja as temidas pragas! Para resolver a situação, a primeira coisa a fazer é identificar o tipo que está adoecendo a sua planta!
Aparecimento de lesmas, cochonilhas, pulgões, caracóis e formigas estão entre as causas mais comuns e podem acontecer por diversos fatores, como acúmulo de água, excesso de sol, corte inadequado, dentre outras.

Tendo identificado o grande causador, agora é importante selecionar o veneno adequado para fazer o extermínio da praga! Nosso conselho, aqui, é procurar ajuda especializada, como em centros de jardinagem e paisagismo! Lá eles irão indicar o remédio adequado e podem até passar receitas caseiras eficientes! Pense nisso!

Quem não abre mão de um banheiro bem decorado, com louças estilosas e resistentes, não pode deixar de cuidar das saúdes das plantas que moram no espaço! Por isso, mantenha essa rotina de cuidados específicos – porém muito fáceis! – que certamente elas ficarão com as folhas sempre verdes e saudáveis!

Gostou do post de hoje? Semanalmente, nós do blog da Webber, disponibilizamos conteúdo como esse, além de muitas dicas de decoração, acabamentos e tudo o que envolve o universo da construção civil!

Aproveite que estamos falando sobre decoração de banheiro e confira nosso post sobre o estilo rústico, tendência decorativa que está muito em alta para esse tipo de espaço! Te vejo por lá, tudo bem?

Deixe um comentário