Combinação de cores: saiba fazer na sua decoração!

Você deseja reformar a sua casa e escolher uma nova paleta de cores que combinem bem e expressem a sua personalidade, mas não sabe como fazer isso? Essa é uma das maiores dúvidas entre aqueles que se aventuram pelo mundo da decoração, pois há sempre o medo de escolher tonalidades que não combinam e acabam carregando o ambiente!

Existem diversas técnicas para uma combinação de cores que realmente faça sentido. Por isso, nós da Webber Acabamentos trouxemos 4 exemplos fáceis para te ajudar a escolher a combinação de cores perfeita para um lar ainda mais aconchegante!

A combinação de cores perfeita: por onde começar?

A Pantone – como em todos os anos – escolheu duas cores para expressar o sentido de 2021. A ultimate gray e a illuminating, configuradas em um cinza semelhante ao cimento queimado e um amarelo mais brilhante – respectivamente – trazem o conceito de praticidade aliado a muita vivacidade.

Essa é a proposta da Pantone, combinar cores que realmente façam sentido e fiquem harmônicas, expressando sensações agradáveis! Mas e quando nós queremos fazer uma combinação de cores sem a ajuda de especialistas?

Para esse momento, existe uma maneira bastante eficiente de conseguir um resultado harmônico, o círculo cromático. Esse elemento, usado por diversos profissionais das áreas criativas, ajuda a compreender melhor quais cores ficam perfeitas quando combinadas!

Quer aprender a usar o círculo cromático você também e conseguir uma combinação profissional de cores? Continue a leitura e conheça formas simples de usar essa ferramenta!

O que é o círculo cromático e como usá-lo?

O círculo cromático é uma ferramenta constituída por meio da disposição circular de cores primárias, secundárias e terciárias em uma determinada sequência. O truque da ferramenta, que é bastante simples, acontece nas possíveis formas de combinação dessas cores, e como elas podem oferecer diferentes oportunidades para os ambientes.

Conheça as 4 combinações essenciais do círculo cromático que podem te ajudar a expressar seu objetivo sem o receio de estar deixando o ambiente pesado e pouco convidativo:

1 – Tom sobre tom

Esse tipo de estratégia consiste em combinar tons dentro de uma mesma cor primária. Por exemplo, se você escolher o vermelho, deverá – nesse conceito – combinar as variações da cor selecionada.

Essa forma é muito usada para conseguir combinações entre cores de objetos decorativos com os tons do ambiente. Assim, você pode escolher almofadas vermelhas e combiná-las com cortinas que possuam tons derivados da cor primária. Uma ideia interessante que surge com o tom sobre tom é o conceito monocromático, que é moderno e elegante.

2 – Cores análogas

Nesse caso, ao contrário da estratégia anterior, a combinação entre cores análogas consiste em observar no círculo cromático quais são aquelas vizinhas da cor primária que você selecionou para o ambiente.

Com isso, é possível estabelecer uma combinação de cores que faça sentido e proporcione uma variação super moderna com os tons selecionados. Um bom exemplo de uma cor que proporciona uma combinação análoga é o verde, que pode ser somado a diferentes tons para um espaço descontraído e cheio de personalidade.

Na decoração, aposte no contraste entre os objetos e uma parede pintada em um tom análogo. Uma tendência que tem se destacado bastante é fazer círculos e outras formas geométricas com tintas em cores análogas. Fica bem interessante!

3 – Cores complementares

A combinação entre cores complementares trabalha com um conceito de oposição que dá certo! Como assim? Bem, para fazer uma decoração nessa proposta, é necessário observar no círculo cromático qual é a cor oposta daquela que você deseja.

Uma ideia é escolher o azul – por exemplo – como a cor principal da paleta e usar o laranja complementar para compor detalhes! Esse tipo de combinação remonta ambientes estilosos, ousados e criativos.

Design e decoradores têm optado por essa proposta para ambientes como cozinha, por exemplo, escolhendo azulejos em contraste com objetos decorativos, portas de armários e até mesmo fogões e geladeiras.

4 – Tríade de cores

Esse conceito é para os ousados! Pois, nesse formato de uso do círculo cromático você irá trabalhar com três cores. Para compreender melhor, você deverá pegar o seu círculo e no interior dele usar um triângulo. Nas pontas, você perceberá que serão selecionadas uma tríade autêntica para guiar a combinação.

Dessa forma, considerando as cores de cada ponta do triângulo, você pode escolher um cômodo da sua casa e decorá-lo com elementos e tons de parede que formem uma composição em tríade! O que acha?

Por exemplo, na sala de estar você pode pintar uma parede em uma cor das três em tríade, apostar no sofá em outra e as cortinas na terceira! Lembrando que essa opção não precisa ser somente entre as cores primárias, certo? É possível combinar também entre os tons mais suaves, vibrantes ou frios!

Uma combinação de cores em harmonia é algo muito importante para compor ambientes combinativos e aconchegantes. Independente se você deseja uma decoração mais criativa e divertida, ou ainda uma mais romântica e sensível! O círculo cromático funciona para todas essas situações!

Gostando do nosso conteúdo? Por aqui, nós sempre trazemos diversos textos sobre acabamento, decoração e tudo o que você precisa saber para sua obra. Aproveite e vá lá conferir nosso post sobre 5 ideias de banheiro rústico!

Deixe um comentário